Todas as pessoas têm traumas?

 

Todas as pessoas foram crianças e as crianças têm sentimentos muito intensos e sentem-se agredidas com muita facilidade. Assim como elas vêem um mundo em que objetos e pessoas são gigantes, seus sentimentos também são experimentados proporcionalmente, ou seja, são gigantes. Assim, o grito da mãe preocupada com o filho que estava andando em cima do muro e quase caiu pode ser interpretado como agressão e humilhação diante de amigos e despertar um sentimento de revolta, dando origem a um nó ou trauma. Todos nós temos um passado de sentimentos, compreendidos e incompreendidos; todos nós temos sentimentos a serem revistos e transformados a fim de que tenhamos plena consciência de que aquilo que não compreendemos no passado pode vir a explodir violentamente no presente. Revivendo, reconhecemos, transformamos e tornamo-nos mais seguros e felizes.