O eu e o outro: relações interpessoais no ambiente familiar e de trabalho

 

O provérbio "Ninguém vive sozinho" é uma verdade. Tanto na vida pessoal quanto na profissional necessitamos de outras pessoas. Contudo, no trabalho, muitas vezes experienciamos situações em que preferimos fazer algo sozinhos a pedir ajuda. Por quê? Várias podem ser as respostas e, sejam quais forem, precisamos nos valer da autoconsciência, ou seja, conhecer nossos mecanismos e processos internos, nossos limites e o que de fato somos. Com a autoconsciência, torna-se muito mais fácil lidar com as limitações do outro, respeitando-o e colaborando para que ele também tenha consciência de si mesmo.