Mas e as pessoas que não têm boa lembrança? Muitas pessoas não se lembram da infância.

 

O plano mental às vezes falha e as pessoas esquecem, mas o sentimento não se apaga. O sentimento permanece vivo e continua "se alimentando". Por exemplo, uma pessoa que tenha vivenciado alguma perda na infância pode se esquecer do que ocorreu, mas ao assistir a um filme como O Náufrago talvez sinta uma dor insuportável; alguém que tenha sofrido algum tipo de agressão sexual terá dificuldade de assistir a uma cena de estupro. Seu sofrimento será bem maior do que o de alguém que não passou por essa experiência. Esse sofrimento incompreendido será alimentado. Daí a possibilidade de crises depressivas sem nenhum motivo aparente. Todas as coisas que vivenciamos ou assistimos, reais ou imaginárias, se absorvidas pelos sentidos objetivos, alimentarão o sentimento que se afina com essa experiência.